A Secretária de Estado da Educação, Alexandra Leitão, presidiu hoje à cerimónia de assinatura do protocolo de cedência da residência de estudantes para a jurisdição da câmara Municipal.

Trata-se de um edifício que outrora recebia jovens estudantes que vinham para o Agrupamento de Escolas de Almodôvar.
Com capacidade para acolher mais de seis dezenas de jovens, a autarquia almodovarense vê neste equipamento, “ uma forma de dar resposta a crianças e jovens em situação de vulnerabilidade social e familiar e que se podem fixar no concelho. Recordo que, esta residência de estudantes estava afecta até ao momento apenas para estudantes que vinham para o Agrupamento de Escolas de Almodôvar, e a partir de agora pudemos dar um outro usufruto na área educativa mas também na área social. E quando digo área educativa tem a ver com espaço ATL, com salas de estudo, com a utilização de formação de alunos e o espaço social e tem a ver com o ter em Almodôvar um projecto que nós ambicionamos que é ter um Centro de Recolha de Crianças com dificuldades, crianças desamparadas do nosso país que possam ter nesta residência esse acolhimento, essa educação, o amparo que qualquer criança merece ter” salientou o presidente da câmara de Almodôvar.

António Bota congratulou-se ainda com o compromisso assumido pela Secretária de Estado da Educação, Alexandra Leitão, relativamente às obras profundas que a Escola E B 2 3 S – Dr. João de Brito Camacho carece, pois, disse “um dos objectivos para os quais convidei a Secretária de Estado foi para se aperceber presencialmente da necessidade urgente que a nossa escola tem e da importância de haver uma intervenção profunda, pois não são pequenas remodelações que irão resolver a situação. Estamos de braços abertos para abraçar a competência na área da educação ou seja das escolas virem para a gestão da câmara, mas antes de isso se verificar tem de haver esta intervenção para que os nossos alunos, professores e auxiliares tenham todas as condições para desempenharem as suas funções com a dignidade que merecem”.

Alexandra Leitão registou as notas que lhes foram transmitidas pelo autarca socialista e pelos responsáveis do Agrupamento de Escolas de Almodôvar e prometeu que “ após ter constatado que efectivamente este estabelecimento de ensino precisa de uma intervenção profunda obviamente que vamos assinalá-la para a reprogramação dos Fundos Comunitários e esperaremos para que dentro de algum tempo esses mesmos Fundos Comunitários permitam essa intervenção que irá beneficiar toda a comunidade escolar de Almodôvar” garantiu a Secretária de Estado da Educação hoje em Almodôvar.